Devocional da Tarde Orações Diárias

Romanos 5: 6-8 – A origem das necessidades não satisfeitas

O homem incerto projeta na família e nos amigos o trabalho de Deus de provar seu valor.

Quem é ele? – Devocional da Tarde

ORE CONOSCO NESTA TARDE ABENÇOADA

Os sábios são envergonhados, espantados e presos;
Eis que rejeitaram a palavra do Senhor;
Que sabedoria, pois, têm eles? Jeremias 8:9

PUBLICIDADE

EXPLICAÇÃO DA TARDE

O apóstolo Paulo uma vez perguntou: “Quem és tu, Senhor?” Essa é uma questão que cada um de nós tem que enfrentar. Se Jesus afirmou ser o Filho de Deus, sabendo que Ele não era, então Ele era um enganador, o maior mentiroso que o mundo já conheceu. Se Ele pensasse que Ele era Deus e não conhecesse a diferença, então Ele era um caso mental. Mas se Ele foi quem alegou ser, então Ele é por direito o Senhor de nossas vidas. O que nos impede de reconhecer este Cristo, se Ele é o que a Bíblia nos diz que Ele é?

PUBLICIDADE

Cada um de nós tem que enfrentar a questão que Pilatos perguntou: “O que devo fazer então com Jesus que é chamado o Cristo?” Pilatos lavou as mãos e disse que não teria nada a ver com Jesus, mas Deus não nos deixa caminho. Devemos dizer “sim” ou “não”. Podemos zombar de Jesus, podemos rejeitá-lo, podemos negligenciá-lo – ou podemos recebê-lo.

PUBLICIDADE

SEGUNDO DEVOCIONAL E ESTUDO
A origem das necessidades não satisfeitas – Romanos 5: 6-8

As necessidades emocionais podem ser tão agudas quanto as físicas. Isso porque o Senhor conectou os seres humanos ao desejo de amor, aceitação e senso de segurança. Essas necessidades são o que nos levam a buscar amizades, casamento e, finalmente, um relacionamento com Deus. E na raiz de todas as nossas “necessidades do coração” está o desejo de se sentir valorizado.

Sem um sólido senso de auto-estima, a pessoa não pode receber amor e aceitação. Nem ele pode se sentir seguro ou em repouso. O homem incerto projeta na família e nos amigos o trabalho de Deus de provar seu valor. Deles, ele procura constante garantia verbal e exibe sua lealdade. O problema é que nenhum ser humano pode ser um recurso emocional inesgotável.

Inevitavelmente, basear-se no julgamento das pessoas e nos atos de amor pode ter um efeito de “yo-yo” na auto-imagem – está baixo, está alto, está baixo novamente. Além disso, ninguém pode construir uma coleção adequada de boas opiniões para substituir a fidelidade e dedicação de Deus para nós. Na cruz, Jesus Cristo deu a única medida precisa de nosso significado: Ele considerou cada pessoa pela qual vale a pena morrer. Não podemos comprar ou ganhar o amor incondicional de Deus. É nosso para receber com o coração aberto. O sacrifício de Jesus é uma prova de que somos de infinito valor para o Soberano do universo.

PUBLICIDADE

Deus deseja ser nosso recurso emocional ilimitado. De fato, se nossa auto-estima é baseada em qualquer coisa que não seja Ele, então é instável. Uma auto-imagem sólida como a rocha está enraizada no reconhecimento de quem somos em Cristo – filhos amados, redimidos e santos. Nada muda sua opinião. 🙏

DEVOCIONAL DA TARDE – ORAÇÃO EM DEUS

Oração pela tarde e noite de hoje: Senhor Jesus, com tantos que ainda te rejeitam, tira tudo dentro de mim para impedir que outro te receba como Salvador e Senhor. 🙏

🙏 Envie a palavra de Deus para pessoas queridas ❤️

Enviar para Alguém Enviar para Grupo