Oração do Casal Orações Diárias

Gálatas 5:22,23 – O fruto do Espírito Santo é paciência

O fruto do Espírito Santo é um dos aspectos mais negligenciados do ensino bíblico sobre a santificação.

Fruto do Espírito – Namorados em Deus

A verdade de hoje

Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei. Gálatas 5:22,23

PUBLICIDADE

Explicação e Inspiração Diária

O fruto do Espírito Santo é um dos aspectos mais negligenciados do ensino bíblico sobre a santificação. Há várias razões para isto:

PUBLICIDADE

1. Preocupação com os externos. Embora os alunos frequentemente murmurem e resmunguem quando enfrentam testes em sala de aula, há um sentido em que realmente queremos tê-los. Testes que medem habilidade, realização e conhecimento são até mesmo padrão em revistas. As pessoas gostam de saber como elas avaliam. Alcancei a excelência em um determinado empreendimento ou estou mergulhado na mediocridade?

Cristãos não são diferentes. Tendemos a medir nosso progresso em santificação examinando nosso desempenho em relação aos padrões externos. Nós amaldiçoamos? Nós bebemos? Nós vamos ao cinema? Esses padrões costumam ser usados ​​para medir a espiritualidade. O teste real – evidência do fruto do Espírito – é frequentemente ignorado ou minimizado. Essa é a armadilha na qual os fariseus caíram.

PUBLICIDADE

CONTINUANDO…

Nós recuamos do teste real porque o fruto do Espírito é muito nebuloso. É muito mais exigente do caráter pessoal do que os externos superficiais. É muito mais fácil abster-se de amaldiçoar do que adquirir um hábito de paciência piedosa.

2. Preocupação com presentes. O mesmo Espírito Santo que nos leva à santidade e produz frutos em nós também dá dons espirituais aos crentes. Parece que estamos muito mais interessados ​​nos dons do Espírito do que nos frutos, apesar do claro ensinamento bíblico de que alguém pode possuir dons enquanto é imaturo no progresso espiritual. As cartas de Paulo aos coríntios deixam isso bem claro.

PUBLICIDADE

3. O problema dos descrentes justos. É frustrante medir nosso progresso na santificação pelo fruto do Espírito, quando as virtudes listadas entre os frutos às vezes são exibidas em maior grau pelos não-cristãos. Todos nós conhecemos descrentes que exibem mais gentileza ou paciência do que muitos cristãos. Se as pessoas podem ter o “fruto do Espírito” separado do Espírito, como podemos determinar nosso crescimento espiritual dessa maneira?

Há uma diferença qualitativa entre as virtudes de amor, alegria, paz, paciência, etc., geradas em nós pelo Espírito Santo e aquelas exibidas pelos não-crentes. Os descrentes operam a partir de motivos que são egoístas. Mas quando os crentes exibem o fruto do Espírito, eles estão exibindo características que são, em última instância, dirigidas a Deus e aos outros. Ser cheio do Espírito significa que a vida de alguém é controlada pelo Espírito Santo; os descrentes só podem exibir essas virtudes espirituais na medida da capacidade humana.

“O fruto do Espírito é amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio.” (Gálatas 5: 22-23). Essas virtudes são para caracterizar a vida cristã. Se formos cheios do Espírito, exibiremos o fruto do Espírito. Mas, claro, isso leva tempo. Esses não são ajustes de caráter superficiais que acontecem da noite para o dia. Elas envolvem uma reformulação das disposições mais íntimas do coração, que é um processo de santificação ao longo da vida pelo Espírito.

Vamos Juntos? Oração de Hoje!

Senhor, deixe-me nunca me ocupar demais para desenvolver meus dons espirituais, mas desenvolva-os todos os dias. Por Deus nosso senhor!🙏

🙏 Envie a palavra de Deus para pessoas queridas ❤️🙏

        Enviar para Alguém ENTRAR NO GRUPO