reflexões

Salmo 19 para orar com os filhos

Orar com os filhos é uma prática que deve ser exercida por todos os cristãos. Quando tiramos um tempo para orar com os nossos filhos, aumentamos nossa ligação com eles. Eles sentem que podem confiar realmente em nós.

O filho que confia em seus pais, alicerçado pelo poder de Deus, raramente se desviará do caminho. Manter esse relacionamento estreito e bem de perto, é primordial para proteger aqueles que amamos.

PUBLICIDADE

Converse com os seus filhos, combine com eles que a partir de hoje, vocês terão alguns momentos de oração juntos. Lado a lado, vocês podem orar conforme quiserem. Ao término da oração é só ler o salmo 19.

Salmo 19

“Os céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos. Um dia faz declaração a outro dia, e uma noite mostra sabedoria a outra noite. Não há linguagem nem fala onde não se ouça a sua voz.

PUBLICIDADE

A sua linha se estende por toda a terra, e as suas palavras até ao fim do mundo. Neles pôs uma tenda para o sol, O qual é como um noivo que sai do seu tálamo, e se alegra como um herói, a correr o seu caminho. A sua saída é desde uma extremidade dos céus, e o seu curso até à outra extremidade, e nada se esconde ao seu calor.

A lei do Senhor é perfeita, e refrigera a alma; o testemunho do Senhor é fiel, e dá sabedoria aos símplices. Os preceitos do Senhor são retos e alegram o coração; o mandamento do Senhor é puro, e ilumina os olhos. O temor do Senhor é limpo, e permanece eternamente; os juízos do Senhor são verdadeiros e justos juntamente.

PUBLICIDADE

Mais desejáveis são do que o ouro, sim, do que muito ouro fino; e mais doces do que o mel e o licor dos favos. Também por eles é admoestado o teu servo; e em os guardar há grande recompensa. Quem pode entender os seus erros? Expurga-me tu dos que me são ocultos.

Também da soberba guarda o teu servo, para que se não assenhoreie de mim. Então serei sincero, e ficarei limpo de grande transgressão. Sejam agradáveis as palavras da minha boca e a meditação do meu coração perante a tua face, Senhor, Rocha minha e Redentor meu!”.

Momento de reflexão

Agora existem algumas perguntas que vocês farão um para os outros. Após cada pergunta, você precisam refletir e descobrir como melhorar o relacionamento entre vocês.

Primeiro vamos conversar com as perguntas que os pais/mães devem fazer:

PUBLICIDADE

Você confia em mim?  Independentemente da resposta, você deve perguntar: “Por qual motivo?” Assim os filhos poderão de dizer se confiam ou não e o motivo.

Como podemos ter mais tempo um com os outros? Peça ideias, programem coisas, mas unam a vossa família.

Agora as perguntas que os filhos podem fazer:

Por qual motivo eu preciso ter horário para voltar para a casa? O que eu faço que incomoda vocês?

Trabalhem em cima das respostas por estas questões  e vejam o relacionamento de vocês melhorar consideravelmente.

🙏 Envie a palavra de Deus para pessoas queridas ❤️🙏

        Enviar para Alguém ENTRAR NO GRUPO